Chegam ao Rio os Jogos Nacionais Universitários

31 outubro 2017
Comentários: 0
31 outubro 2017, Comentários: 0

O esporte universitário nacional, que concentra mais de 10 mil atletas, fará sua grande festa carioca com a primeira edição dos Jogos Nacionais Universitários entre 2 e 5 de novembro no Parque Olímpico da Barra da Tijuca. Cerca de mil atletas de faculdades do Rio disputarão competições de futebol de campo, futsal, handebol, vôlei, basquete, judô, jiu-jítsu e tênis de mesa. Contando com uma completa estrutura olímpica para sediar o evento, a empresa organizadora JC2 está certa de que empreende novos passos para ampliar a profissionalização no setor.
Entre as faculdades participantes estão a UFRJ, UERJ, UFF, PUC, UVA, UFRRJ e Facha. Os jogos acontecerão sempre das 8h30 à 22h. “Trazer o evento para o Parque Olímpico é um prêmio para os times que se empenham tanto na preparação, e uma forma de incentivar as estruturas atléticas universitárias, além de mostrar a força e qualidade do esporte universitário. Será a primeira vez que faremos um torneio universitário no Rio”, explica Antony Bandeira, diretor da JC2. A empresa está à frente de outros campeonatos universitários de peso realizados em cidades do interior do Estado do Rio, como Vassouras e Volta Redonda. São eventos que chegam a mobilizar mais de 15 mil estudantes, popularizando competições como JUCS (Jogos Universitários de Comunicação Social), Intereng (Jogos Integrados de Engenharia) e Jogos Financeiros.
Nesta primeira edição dos Jogos Nacionais Universitários, já estão confirmados vários atletas premiados. Entre eles, Fábio Alves, 24 anos, e José Renato, 21 anos, que cursam Engenharia na PUC-Rio. Na modalidade handebol, o primeiro é campeão paulista e vice-campeão da Liga Nacional, pelo Metodista. E o segundo é ex-jogador da Seleção Brasileira de Base. No vôlei, da Engenharia da UFRJ, o evento terá a participação de Eduarda Miranda Soares Salim Martins, a Duda, de 19 anos, ex-jogadora do Flamengo. Ela é campeã carioca pelo geral da UFRJ, e 2º lugar na LDU (Liga de Desporto Universitário), fase regional em Brasília, em 2016. A Engenharia da UFRJ também contará com a presença das gêmeas Brenda e Bianca de Lima Gonçalves, 22 anos, disputando o judô. Bianca é campeã pan-americana e 3º lugar no Sul-americano Estudantil. Foi seis vezes campeã brasileira e integrou a seleção de base por quatro anos. Brenda é campeã sul-americana, participou da Copa do Mundo da Argentina e fez parte da seleção de base por três anos.

O poder das atléticas
Atléticas também podem revelar craques ao longo da vida universitária. Voltada para a organização de competições amadoras ou profissionais, da concepção à produção final, a JC2 foi criada por um grupo de amigos, todos com formação em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Já na época acadêmica, eles participavam da organização de eventos e competições através do grêmio da faculdade.

“Um dos nossos trabalhos de peso, nesses seis anos de empresa, foi organizar o Intereng, junto com grêmios de Engenharia de diversas universidades. A última edição foi um sucesso e teve a participação de 2,5 mil alunos”, conta Antony Bandeira, diretor da JC2. Em um mercado que vem se destacando por agregar serviços ainda pouco explorados por outras empresas, a JC2 surpreende a cada evento pela estrutura JC2 surpreende a cada evento pela estrutura e alojamento oferecidos, além de jogos com a relevância de árbitros de confederações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *